"Tirar dentro do peito a Emoção, A lúcida verdade, o Sentimento! (...)" Florbela Espanca

21
Jun 10

Andavas escondido e furtivo,

Debaixo de uma pedra,

Por baixo de uma porta

Aparecias clandestino.

 

Na folha de seda

Tens palavras e frases,

Sempre cheio de verdades

Para toda a gente que leia.

 

Tens nas tuas linhas

Muito da nossa história,

E nas páginas velhinhas

 

A luta de gerações,

Que a nossa memória

Guarda nos corações.

 

05.03.06

 Catarina Azevedo

publicado por luabranca81 às 19:03

Meus sinceros cumprimentos. Gostei da tua poesia.
Eduardo Maskell a 18 de Setembro de 2010 às 18:04

Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
22
23
24
25
26

27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

RSS
Procurar
 
Page copy protected against web site content infringement by Copyscape
Visitas
Visitantes
blogs SAPO