"Tirar dentro do peito a Emoção, A lúcida verdade, o Sentimento! (...)" Florbela Espanca

05
Abr 09

Chama intensa e quente

Que me incende quão ferro,

Que me inflama por dentro

Neste desejo incandescente.


Num suspiro sussurrante

Como paixão de febril ardor,

Assoma na face em rubor

Por sobejo de talante.


Grito de prazer mudo

Revolto na minha linfa,

Ulo de paixão profundo.


É da dor adrenalina,

Este dominador espírito

E o meu sestro da vida.

 

Catarina Azevedo

publicado por luabranca81 às 20:57

Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

RSS
Procurar
 
Page copy protected against web site content infringement by Copyscape
Visitas
Visitantes
blogs SAPO