"Tirar dentro do peito a Emoção, A lúcida verdade, o Sentimento! (...)" Florbela Espanca

16
Dez 08

 

Sonho…

Fantasia do espírito,

Efémera visão do imo

Que se esfuma em delírio.

 

Castelo de areia fina,

No céu, risco de avião,

Momentânea utopia

De imaginada ficção.

 

Puro e essencial desvario

Que o coração alimenta.

Prazer lacónico, devaneio

Sustento de toda a alma.

 

Catarina Azevedo

publicado por luabranca81 às 12:02

Na simplicidade da tua escrita
está a mais pura realidade
nem aquele que mais medita
diz coisas com tanta verdade

Este vou levar comigo, é belíssimo.
Beijo
manu a 16 de Dezembro de 2008 às 19:34

Pelo comentário
Obridada
Por apoio continuado
Muito obrigada.

Beijos.
luabranca81 a 17 de Dezembro de 2008 às 13:20

Dezembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12

14
15
17
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

RSS
Procurar
 
Page copy protected against web site content infringement by Copyscape
Visitas
Visitantes
blogs SAPO